Amigo da Alma Rotating Header Image

[Livro] Santos Dumont – Bandeirante dos Ares e das Eras

livro_dumont3Título: Santos Dumont - Bandeirante dos Ares e das Eras
Autores: Homero Pimentel  e  Paulo Urban 

SANTOS DUMONT, BANDEIRANTE dos ARES e das ERAS, editora Madras, 248 páginas, 31 fotos didaticamente selecionadas, é resultado de uma detalhada pesquisa histórica, trabalhada com elegância literária e sensibilidade por seus dois autores, pai e filho respectivamente.

Prêmio Clio de História de 2006, concedido pela Academia Paulistana da História, e Prêmio Centenário da Aviação, 2006, conferido pela Academia Brasileira de Aeronáutica.

O livro tem distribuição nacional e pode ser encontrado nas melhores livrarias; pode ser também adquirido  diretamente por meio do site da editora Madras: www.madras.com.br

Muito mais que uma simples biografia, SANTOS DUMONT, BANDEIRANTE dos ARES e das ERAS é uma obra que se propõe a resgatar o verdadeiro sentido da alma nacional explorando aspectos fundamentais da vida daquele que foi, acima de tudo, um brasileiro cuja existência esteve dedicada à humanidade, em nome do bem comum. Isto porque Santos Dumont não foi somente o primeiro homem a solucionar o problema do “mais pesado que o ar”, como revolucionou o mundo com seu invento, alçando a consciência planetária a um inédito portal, passagem para as conquistas espaciais da Nova Era.

Uma obra é lúcida e corajosa que, em texto fluente, passa a limpo com todas os nomes e letras a verdade dos fatos quanto à malfadada polêmica que atribui absurdamente aos estadunidenses irmãos Wright a façanha de terem inventado o avião antes de Dumont. Mas os autores não buscam justiça só aí: sobrevoam ainda a eletrizante epopéia do balonismo, pioneiramente trilhada por brasileiros ilustres, cujos nomes, entretanto, também estão desconsiderados pela versão européia dos fatos.

A obra oferece ainda um Post Scriptum especialmente dedicado ao intrincado tema do suicídio de Santos Dumont e aprofunda-se no denso mundo psicológico de nosso herói, aqui tratado com absoluto respeito e sob o rigor do olhar psicoclínico de Paulo Urban e Patrícia Lucchesi (que também redigiu o prefácio), ambos psicoterapeutas.

Os leitores que mantenham seus cintos bem apertados, em SANTOS DUMONT, BANDEIRANTE dos ARES e das ERAS é possível viajar sobre o pitoresco e o insólito, voar sobre o extravagante e o surpreendente que foi a vida de Dumont.

Uma agradável leitura presa às asas da fantástica aventura daquele cuja missão foi a de estreitar a distância entre os homens, ensinando a todos nós, pilotos ou passageiros na vida, que é possível crer até mesmo em nossos sonhos mais fantásticos!

Olhando pela janelinha: Leia também aqui em nosso site o texto que explica tim-tim por tim-tim o porquê da absurda e infundada crença que faz muita gente mal informada ou mal intencionada defender terem sido os mercenários irmãos Wrigth os inventores do avião.

E são três as principais razões que concorrem para o plantio desta descarada mentira: Santos Dumont – O Brasil Voou Primeiro 

Leave a Reply