Amigo da Alma Rotating Header Image

Posts under ‘Sonetos’

Arqueiro Zen

“Um jovem monge, certa vez, foi ter com mestre Gensha a fim de descobrir onde era a entrada do caminho que leva à Verdade. Ao saber de sua intenção, Gensha, que meditava profundamente, abriu os olhos, sorriu e perguntou a seu visitante: ‘Estás a ouvir o murmúrio do regato?’ ‘Sim, mestre, ouço-o bem’, respondeu o […]

Jaguar dos Maias

Alan, confrade de Ordem, desta vez não me acompanhava. Aproveitara-se do recesso prolongado de fim de ano para compor sua monografia a respeito de ‘Fausto’, de Goethe (1749-1832), obra alquímica que há anos vem estudando, pelo que se isolara numa pousada em meio a cascatas cristalinas, aos pés do Vale do Matutu, nas Gerais. ‘Faz-se […]

Merecebimento

Sim, somos todos heróis da própria jornada, mas isso nada tem a ver com revolucionar o mundo, salvar o planeta de ameaças alienígenas, ou sair voando por aí com uma capa azul amarrada às costas; menos ainda devemos crer que a salvação de nossas almas dependa de ações mirabolantes e megalomaníacas de deuses ou heróis […]

A Pedra

Perguntávamos àquela noite a Christiano Sotero qual a natureza última da Pedra, em que se resumia, cabalmente, o arcano segredo do Lapis Philosophorum, esse mercúrio redivivo dos alquimistas que nosso mestre, particularmente, denomina Pratalíquis. Escorreito metal, melífluo e corredio, volátil e pressuroso, que a tantos sopradores de vidro custou-lhes a vida ou a saúde, que a […]

Alquimia Clínica

Entendo que nenhum médico deva crer-se capaz de curar quem quer que seja nem doença alguma por si só. Em verdade, mais favorecemos as curas quanto menos atrapalhamos seus processos naturais. Por isso deve o médico, canal das mesmas, mero regente da divina partitura à sua frente colocada, manter seu báculo em fina sintonia com a […]

Dracolfinhos

DRACOLFINHOS Noite fria de 14 de agosto. Entusiasmados com a explosão de Nova Dolphi, conforme anunciada pelo astrônomo amador japonês Kiochi Itagaki, Alan e eu, aficionados pelos segredos do céu, corremos ter com nosso mestre, que nos recebeu em sua casa de pedra. — Estamos decididamente vivenciando a hora e a vez dos golfinhos, nossos […]

Odin y la Cuerda del Ahorcado

Odin assim se entregou à sua mais difícil provação: dependurou-se de cabeça para baixo num forte galho do freixo Igdrasil, árvore-eixo do universo, nascida sobre o enterrado corpo do gigante Ymir, morto pelo próprio Odin e seus irmãos, Vili e Ve. E desta maneira dependurado, passou nove dias e nove noites no mais retirado inverno de […]

Leviathan

Extenso manuscrito com ilustrações em nanquim, delicadamente trabalhadas a bico de pena pelo próprio mestre, o ‘Bestiário Alquímico’ de Christiano Sotero mais me surpreende a cada vez que lhe abro aleatoriamente algumas das 666 páginas que o compõem, a fazer saltar seus fabulosos monstros e sonetos mágicos sobre mim. Toda vez que o mestre me […]

Avistamento & Beijo à Vista

AVISTAMENTO A data nem me importa, era anno domini, eu tive um avistamento em Guarujá: na praia, um suco de maracujá, pra ela eu perguntava: “Do you love me?” Mas antes que a resposta fosse Yeah! eu disse: “Vejo um disco!” E ela: “Prove-me!” Então eu lhe apontei nos céus um ÓVNI mas ela nem […]

Almestórias

ALMESTÓRIAS Follow your bliss and the Universe will open doors  where there were only walls. (Joseph Campbell, 1904-1987) … porque a alma, quando quer que reste encantada, põe-se a cantar seu canto e a contar histórias… Minha alma qual corcel corre entre os montes, cavalga pelos vales e colinas; qual condor do altiplano, asas andinas, […]

Espelho Templário

Quando dali a algumas horas, creio eu, de meus olhos se tiraram as vendas, estava a sós em ampla sala, ajoelhado entre archotes, eram duas grandes velas bem calçadas em seus respectivos pedestais de bronze, e havia um enorme quadro coberto por um manto de cor púrpura, preso à parede de pedras à minha frente. […]

Paracelsomancia

 PIROMANCIA À PARACELSO Porque… estive conversando com as salamandras do fogo, e elas me mandaram publicar coisas ocultas. Diante do Sol noturno aceso em meu jardim, rompantes labaredas me alumiam.  Em labor e oração leio Paracelso à luz do fogo: roga o mestre que aprendamos a perquirir através dele pelo nome oculto de todas as coisas, […]

Entre a Foice e o Tridente

ENTRE A FOICE E O TRIDENTE — Saturno, além de bem representar a figura paterna, costuma estar presente em nossos mapas na área da vida onde enfrentamos nossas provas mais densas e concentradas, para usarmos aqui uma linguagem alquímica. Saturno traduz uma força reacionária, a polarizar com a tríade de planetas além de sua órbita, […]

Quatrezena a Santo Antônio

“Não nos deve alegrar a vida longa. Vale a vida o quanto sabemos empregá-la a serviço de Deus. Mal havendo completado seus 36 anos de idade, Santo Antônio já amadurecera o suficiente para cruzar os portões do Grande Reino, prêmio por suas excelsas virtudes. A 13 de junho de 1231, confortado com os sacramentos, entregou […]

Luastral

LUASTRAL A Lua é o que deseja o coração: Se em Capricórnio ela é tenaz, segura; em Sagitário ela é quem mais procura e em Câncer faz sentir toda emoção. Em Libra faz buscar na outra figura desejos que alimentam Escorpião; se em Touro ela ilumina amplo sertão, em Virgem a si reserva-se em candura. […]

A Sombra de Alan

Correm boatos de que Alan Rodrigues seja uma sombra. Nas vezes em que primo visitá-lo (ele me pede que só o faça às noites), comum é encontrá-lo em seu silêncio, a compor almas secretas. Outro dia, melhor dizendo, noite dessas, alta madrugada, eu adormecera em seu sofá após o jantar, despertei com ele ao piano […]

O Mistério do 12

O Arcano XII, ninguém se engane, é a morte. É justamente a vala em que a estrutura egoica se afunda e se esgota. É a estação do Tarô em que a mente, que tão-somente mente permanentemente e se debate, exausta de lutar contra si mesma, entrega-se a morrer a sua morte. Nada de novo nasce nasce […]

Biblos ad Humus

BIBLOS AD HUMUS Às vezes quando penso que sei muito e conto esses meus livros nas estantes, e lembro os outros tantos que escrevi, pergunto aos grandes sábios do Planeta, Aos simples que nem têm biblioteca, de que me vale ter lido Cervantes, Pessoa e William Shakespeare de Assis… … e aos pés de Paulapóstolo […]

Artinnatura

Um dos poetas contemporâneos com cuja obra muito me identifico é Alan Rodrigues de Carvalho, cuja extensa lavra inclui principalmente sonetos malditos e eróticos, também dotados de cunho filosófico, esotérico e  existencial. Privei-me diariamente de sua companhia durante os três seguidos anos em que partilhamos dos mesmos bancos escolares. Àquela época apreciávamos as brilhantes aulas […]

Vidarcano XIII

VIDARCANO XIII (porque o melhor epitáfio não vale mais que estar aqui)   Qual Dama é ela a Morte que só espera? Se é fim… ou torvelinho… (um labirinto?), talvez parte de mim, a que eu não sinto, soubesse-o…, escaparia à Esfinge-Fera? Se a morte é doce espírito de absinto, quiçá mandala nova de outra […]