Amigo da Alma Rotating Header Image

Doença e Cura

Publicado na Revista Mirante, edição #89 – (a mais antiga Revista Literária alternativa brasileira, que neste ano de 2015 completa 33 anos ininterruptos de existência)

A DOENÇA

Havia uma mandala só de espinhos
tornando intransponível um coração,
castelo indevassável, um só porão,
masmorras, calabouço e descaminhos.

Chamou-se logo um médico-artesão,
quiçá salvar pudesse os passarinhos
que presos na mandala, em seus ninhos,
gritavam por socorro em solidão.

Seu nome? Paracelso, o alquimista,
astrólogo a velar Sagrado Archote,
que se acercou do doente ao pé do leito:

…palpou, sentiu, examinou-lhe a vista,
e num só gesto, um estalo, um piparote
alterou-lhe o fulcral padrão-defeito.

 

A CURA

Abriu-se então um buquê, mandala em flores,
espinhos recolheram-se e o castelo
que antes era frio, fosso, um só flagelo,
pela primeira vez deixou suas dores

e majestoso ergueu-se, incrível e belo,
crescendo em fortaleza de altas torres,
seus muros tão cinzentos ora em cores
e os pássaros cantando um só libelo,

um hino à liberdade e à cura em festa,
seus ninhos enfeitados de primícias,
de acácias em prelúdio e em pleno gozo…

O médico beijou do enfermo a testa,
ganhou dele um sorriso esperançoso,
e foi-se…, ora a mandala eram delícias.

Paulo Urban, Sonetista do Aquarismo
14 de maio, MMXV – 5h50min
Decassílabos Heroicos

Obs: Para saber mais sobre a Revista Mirante e do lançamento de sua octogésima-nona edição, clique aqui.

One Comment

  1. Jane disse:

    Gostei muito do conteúdo. Gosto do tema alquimia e espiritualidade, Paracelso, Jung e Hermetismo. Obrigada por partilhar seus conhecimentos.

Leave a Reply